BRIEF:STORIES – ImpacTrip

impactrip
40 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 40 Filament.io Made with Flare More Info'> 40 Flares ×

Volto com a coluna BRIEF:STORY para partilhar convosco a história da ImpacTrip, uma agência de viagens solidária.

Como surgiu a ideia da ImpacTrip?
A ideia surgiu bastante longe de Portugal… Depois de trabalhar na Malásia, estava eu a viajar sozinha de mochila às costas pela Ásia quando percebi que havia mais pessoas como eu, que queriam conhecer profundamente os locais por onde passavam e deixar uma marca positiva nas pessoas que conheciam fazendo voluntariado. Já existiam alguns programas deste género com bastante sucesso e que faziam realmente a diferença nessas comunidades. Em Portugal não existia nada do género, e foi aí que eu pensei: “Em Portugal existem, obviamente, necessidades sociais e nós somos um país maravilhoso para se viajar” e a ideia estava formada. Durante este processo conheci o Diogo que, com experiência no sector do turismo percebeu que era uma ideia com futuro. Estivemos 1 ano a consolidar a rede de parceiros, passámos por um programa de incubação de empresas sociais do Banco de Inovação Socia, recebemos financiamento no programa da SIC do shark tank e finalmente, após muito trabalho, lançámos a ImpacTrip.
Escrevemos um artigo exatamente sobre a viagem que despoletou tudo isto. Pode lê-lo aqui (em inglês).

Quais os vossos objectivos com este projecto? Até onde pensam chegar, etc.
O nosso objetivo principal é ter impacto social e ambiental positivo.
Somos uma empresa social e este nosso objetivo é concretizado pelo apoio que damos à nossa rede de parceiros sociais que já conta com mais de 200 organizações por todo o País. Temos uma relação muito próxima com a maioria delas e sabemos exatamente o que precisam mas também o que podem oferecer e usamos todas as suas valências para criar soluções que sejam benéficas para a organização. Apoiamos em situações pontuais através de voluntários internacionais e mais estruturalmente através de acções de responsabilidade social corporativas onde trabalhamos com algumas das maiores empresas do País.
Em termos de mercado, apostamos no mercado nacional porque acreditamos que não é necessário viajar até ao outro lado do mundo para ter um impacto positivo. Podemos começar pelo nosso próprio país que infelizmente tem bastantes necessidades sociais. Queremos levar os Portugueses a redescobrir o seu próprio país que tem tanto para mostrar e é desconhecido por muitos.
Temos programas em todo o país, desde Norte (Porto, Braga…), Centro (Lisboa, Peniche, Valada do Ribatejo) e mesmo o Algarve (Portimão, Lagos…) sem esquecer o interior do país que tanto tem para nos oferecer (programas ambientais em Parques Naturais).
Em geral, queremos ser uma referência no Turismo Solidário em Portugal para todos os Portugueses e também no estrangeiro.

Qual tem sido o feedback até ao momento?
Muito muito bom. Temos grupos a chegar todas as semanas de todas as partes do mundo que vêm para fazer voluntariado mas também querem descobrir o nosso País. Querem conhecer as (e participar nas) tradições, querem saber a história por detrás do que visitam, querem conhecer os Portugueses e querem deixar uma marca positiva por onde passam. E nós ajudamo-los a fazer isso.
Apoiamos dezenas de organizações sociais o ano passado com mais de 700 horas de voluntariado e esperamos triplicar o número em 2016.
Estamos a crescer bastante e o nosso impacto a multiplicar-se. Essencialmente, somos apaixonados pelo que fazemos e queremos partilhar essa paixão com todos pelo que vos convidamos desde já a experimentar uma das nossas experiências em www.impactrip.com. Até breve!